segunda-feira, 28 de setembro de 2009

SELEÇÃO BRASILEIRA VIRA IGREJA

A Revista Placar do mês de setembro, traz um raio-X religioso da seleção brasileira, relacionando os jogadores que se denominam evangélicos ou católicos.
A matéria de capa traz o título pejorativo “Seleção vira igreja” e mostra que saíram de cena os pagodeiros e entraram em cena os evangélicos. Em lugar dos sambas entoados entre uma viagem e outra entraram os hinos e orações com a Bíblia na mão.

Segundo a revista, em 1994 quando Dunga viu aquilo na concentração, pela primeira vez, disse ao Parreira: -Ficou louco, vai deixar esses caras rezarem aqui dentro? Hoje a cantiga é outro, os evangélicos Lúcio e Kaká conseguiram o milagre da classificação para a Copa por antecipação.

Ainda, de acordo com a publicação, o grupo de religiosos, liderado por Kaká e Lúcio, só cresce. Para comandar as orações, um pastor de verdade foi convidado. Anselmo, da Primeira Igreja Batista de Curitiba, é o principal confidente de alguns dos atletas mais bem pagos do mundo.
A revista menciona que o fortalecimento religioso na Seleção acontece justamente no momento em que a Fifa abre fogo contra a manifestação religiosa em seus eventos, como aconteceu na Copa das Confederações.

As reuniões de oração têm atraído até pagodeiros e festeiros como o jogador Robinho. A publicação aborda também o tema dízimos – enfatizando os rendimentos de Kaká e a maneira como o mesmo tem ajudado a Igreja Renascer.

2 comentários:

  1. Jesus está voltando, isso é uma evidencia da volta do nosso Salvador. Tem mais, vão vir buscar na fonte, e a fonte somos nós que temos o Espírito Santo de Deus.

    ResponderExcluir
  2. Breve Jesus Voltará!

    ResponderExcluir